Carrinho
0 iten(s)
 




A tradição da fitinha do Senhor do Bonfim


Um dos souvenirs mais famosos de Salvador é, sem dúvida a fitinha do Senhor do Bonfim. Além de ser uma lembrança relativamente barata,  é fácil de ser transportada, e acaba assim, sendo um presente certeiro de quem visitou a cidade.
 
Os primeiros registros da fitinha são de 1809, nessa época era conhecida como ‘Medida do Bonfim’, porque tinha justamente 47 centímetros, conhecidamente a comprimento do braço direito da estátua de Jesus Cristo, Senhor do Bonfim, que ficava no altar de uma das mais famosas igrejas de Salvador. Antigamente, ela era usada amarrada no pescoço como um colar, pendurados nela, ficavam pingentes representando a graça alcançada com a ajuda do Santo.
 
 
Apesar da tradição católica, já que sua origem e seu nome remetem a igreja, como tudo na Bahia, a fitinha do Bonfim também é um símbolo forte do sincretismo, costuma-se dizer que nesse amuleto, cada cor estaria ligada a um Orixá.
 
O folclore diz que a pessoa deve usar a fita dar duas voltas no pulso. Amarra-se com três nós, para cada um deles faz-se um pedido. Segundo a crença popular Deve-se manter segredo sobre os desejos e é importante saber que eles só vão se realizar quando a fitinha se partir e cair por conta própria. O fiel não pode corta-la ou tentar arranca-la a força.
 
 
É interessante falar que em 2013, depois de 20 anos, essa lembrancinha voltou a ser fabricada na Bahia, com uma grande mudança em seu material, a fita passou a ser confeccionada em algodão. Desse modo poderá se partir e realizar os pedidos mais rapidamente, que sua antecessora fabricada no interior de São Paulo, feita de material sintético.
 
Muitas pessoas também amarram a fita nas grades das igrejas em homenagem aos Santos de cada uma delas, a imagem fica linda. Pode-se dizer que a fitinha do Bonfim está na moda, hoje em dia é comum vê-la estampada em roupas, canecas, bolsas e outras lembrancinhas.
 
 
Noivos que gostam da cidade ou tem alguma ligação especial com a Bahia estão entregando bem-casados arrematados com a Fita do Bonfim em suas recepções. Empresas que querem se destacar, e entregar um brinde que remeta rapidamente à Salvador, também já conseguem produzir suas fitinhas personalizadas.
 
Quem quiser encontrar as fitinhas do Senhor do Bonfim em Salvador não terá problemas, o souvenir pode ser facilmente achado em qualquer ponto turístico da cidade por um preço bem bacana.